If you were a kiss I know I would be a hug.

Eu sou uma caçadora inexperiente de borboletas. Não tenho técnica, nem táctica. Não lhes segredo desejos para elas se deixarem apanhar. Tenho só duas mãos trémulas e desajeitadas que correm em direcção a elas, mas sem sentido. Como alguém que quer tudo de repente. Vejo-as e as minhas mãos querem abarcá-las todas, como se abraçassem o mundo. E quando uma pousa na minha mão sem eu pedir, alegro-me tanto que ela foge porque me mexi demais. Depois tu não, tu consegues tudo, de modo fácil demais. Aproximas-te de mim e já nem é preciso segredares nada, eu deixo-me ficar ali na tua calma e minúcia. Então tenho a sensação de que levas sempre mais de mim, sem eu saber bem como.

Amy

Título emprestado pela Joana'

7 comentários:

Joana ' disse...

Oh querida, se adorei.
Eu sou um bocadinho assim. Deixo-me levar totalmente por ele, dando-lhe tudo sem, sequer, ter noção ... E quando quero um pouco mais, ele voa, qual borboleta.
Gostei muito * :)

The RP disse...

às vezes parece haver uma apetência natural para certas coisas...

enquanto que uns se parecem esforçar tanto e não conseguir, outros conseguem com aparente facilidade.

neste caso, trata-se de 'cativar'.

um campo difícil de se avaliar o sucesso.. por vezes o que parece não é.

gostei muito das letras grafadas a cor-de-rosa. no teu subconsciente estás a pedir abracinhos e beijinhos. e borboletas. deve ser para alimentar os teus, agora, dois gatos.
assim, beijinhos e abraços e muitas borboletas @

té , disse...

o nosso amor é tão grande e tão incondicional que, apesar de todos os erros, de todos os movimentos bruscos, deixamos que se aproximem de mansinho, sem nada temer. deixamos que nos abracem e nos tomem nos braços. que nos tenham outra vez, mais uma vez como suas. depois largam-nos. soltam-nos ao vento, deixam-nos ir, ficando sempre com um bocadinho de nós que nem sequer sabíamos que existia até o perdermos.

té , disse...

a inevitabilidade que já não é assim tão desconhecida mas que continuamos a fingir que nos surpreende quando na verdade, é da nossa mais pura vontade, deixarmo-nos levar

Nés, disse...

opá *-*

Mysterious Girl disse...

A Amy sou eu, mas a verdade é que a AMy escreve mil vezes melhor. Adorooo

Neon Tiger disse...

Gostei muito :D

http://www.youtube.com/watch?v=lLAAFWQqKSs

Ouve essa música, acho que fica bem com este texto, só falta é uma rede para as apanhares :P

Invisible Woman (55) Alice (49) One more (49) Carolina (37) S. (33) Amy (19) Dee Moon (7)