In a simple world.

Queria guardar a intensidade do calor que me fazes sentir quando me tocas. Queria guardar todo este calor, depois pegar nele, enfiá-lo numa máquina qualquer e convertê-lo em palavras, e seria tão fácil como converter ficheiros Word em Pdf.  E depois de ter essas palavras, pegaria nelas com luvas, esterilizadas em água a ferver para não as arrefecer sequer, e dar-tas-ia instantaneamente, para perceberes sem equívocos o que me fazes.

Amy

5 comentários:

C. disse...

calça as luvas, esteriliza a bancada, aquece a água. e, acima de tudo, deixa a cascata de palavras fluir através do vapor de sentimentos.

Anónimo disse...

O que me fazes sem perceber, porque 'Tu não sabes quando me falta o ar no peito por te querer tanto e saber que não te posso ter. Tu não sabes, porque sorrio sempre que isso acontece..'
Deixas-me assim, só com a presença. :')
D.

Su disse...

Gosto! :)

m disse...

ideia excelente.

Sofia disse...

Furtei para o meu blog está bem? :)

Invisible Woman (55) Alice (49) One more (49) Carolina (37) S. (33) Amy (19) Dee Moon (7)