I'm just a notch in your bedpost. But you're [not] just a line in a song.

Detesto sentir-me triste. Por isso detesto as pessoas que me fazem sentir triste. Mas acontece que só as pessoas de quem eu gosto realmente é que têm a verdadeira capacidade de me conseguir fazer sentir triste.

Todo o meu ser se contorce em curvas e contracurvas de confusão. Não percebe os dois lados da Lua, porque lhe ensinaram  a só ver um. E as lógicas confundem-se como tintas numa paleta à toa. Percebo agora que este banco de jardim perdeu toda a lógica, tal como perdeu a tinta e alguns pregos, ao longo do tempo. Percebo agora que as nuvens densas que me envolvem às vezes e que me fazem acreditar que vais chegar mais cedo vêm de uma outra dimensão que não a da razão. Todo o meu ser se contorce nas tentativas falhadas de saber porque estou triste, na verdade. Talvez seja afinal porque nunca ninguém nos sabe ensinar a amar e odiar no mesmo tempo e espaço.

Ou talvez seja apenas porque tu estás atrasado, e vamos perder o início do filme.

de mais uma tua

#12 letter to the person you hate the most

5 comentários:

Lua Escondida* disse...

Oh que lindo :')
está perfeito.

The Little T. disse...

lindo! Gostei tanto :)

C. disse...

porque só mesmo quem mais amamos é que pode ser quem mais odiamos. a tristeza advém daquilo que projectamos e que não se cumpre.

tão verdade*.*

PR" disse...

Que saudades tinha de vir até aqui :)

Lua Escondida* disse...

Perfect, perfect, perfect e vou roubar :)

Invisible Woman (55) Alice (49) One more (49) Carolina (37) S. (33) Amy (19) Dee Moon (7)