Dá-me uma paleta and i'll be your Rembrandt.

Dizem-te para seres feliz. Dão-te umas tralhas para as mãos, largam-te no meio da rua e
-agora desenrasca-te.

Também me aconteceu a mim. Primeiro fica-se a achar que não
-deves estar é maluco,
uma pessoa não pode ser feliz assim. Onde está o meu coração de porcelana pintado à mão, as minhas caixas de fotografias com emoções conservadas em âmbar, os meus sapatos de verniz com laços côr-de-rosa a condizer? Barafustei o mais que pude até que percebi que ali no meio da rua não podia ficar. E nos passeios sempre há mais gente....
-não gosto de pessoas cinzento-alcatrão,
disse-me alguém entre duas nuvens de algodão doce, quando a felicidade se vendia em pacotes nas feiras de carrosséis.
-somos camaleões cor-de-pele; a felicidade tem a cor que conseguires inventar.

Alicee

7 comentários:

C. disse...

pintaste um quadro que me fez chorar, mas lágrimas das boas^^

Joana ' disse...

-Somos camaleões cor-de-pele; a felicidade tem a cor que conseguires inventar.

ADOREI. Sabes, quando era criança sempre quis ter um camaleão... e dizia a todos que o meu camaleão ia ser cor-de-pele, para ser igual a mim... Foi bom olhar para este texto com os olhos de criança, esses que tantas vezes não sei onde tenho.

matheus disse...

ola sou mais um seguidor seu adorei o seu blog entra la no meu wwwdiversidadevirtual22.blogspot.com sem o ponto depois do www

Joana ' disse...

Sim querida, é mesmo verdade... Ri imenso quando falaste nos cameleões... Soube-me muito bem recordar bocadinho da infância :)

The Pipinisher's disse...

Quanta arte :D

S* disse...

Agora sim, esmeraste-te. :)

Cath disse...

não consigo dizer o quanto gostei, por isso fico-me por isto: perfeito, mil vezes perfeito.

Invisible Woman (55) Alice (49) One more (49) Carolina (37) S. (33) Amy (19) Dee Moon (7)