there was a time in my life when i was carried by all of you.

saberes que ninguém está a pensar em ti é a liberdade de apanhares flores num campo sem dono ou de entrares num autocarro onde não se paga bilhete ou sentir a leveza de cozinhares sem receita e sair bem ou dormires sem despertador mas acordares à mesma hora. ninguém lê o que não queres dizer e aquilo que dizes é aquilo que dizes e o que sentes não tens de explicar e se gritas é porque gritas e se não vais não foste. sobes as montanhas e desces as montanhas e sobes outra vez e se cais ninguém te apanha mas se cais ninguém goza contigo. saberes que ninguém está a pensar em ti é o mundo inteiro a dizer-te
- vai primeiro e se for giro chama-me.

*Carolina*

3 comentários:

tatianap disse...

está intenso!

Anónimo disse...

Se caír não tenho outro remédio senão levantar-me. E se não me conseguir levantar concerteza que vou parar ao Hospital. E se lá não conseguirem levantar-me, morro a pensar que esta vida foi uma viagem do caraças. Mas basta de péssimismo.
Queres um conselho?
Vive um dia de cada vez e aprende de uma vez por todas que cada dia que acordamos a respirar é um milagre.

Catarina Duarte disse...

Escreve mais, adoro ler o que escreves por aqui :)

Invisible Woman (55) Alice (49) One more (49) Carolina (37) S. (33) Amy (19) Dee Moon (7)